sexta-feira, outubro 12, 2007

XAVIER, 11.12

Não dá para definir a graça.
Caminhei com Xavier durante alguns minutos em volta do prédio em que mora.
Está com um quilo a mais, porque se alimenta melhor.
Não sente dor.
Está pregando.
Faz planos.
Sua esposa voltou a trabalhar.
Sua casa voltou à normalidade.
Continua com a sua vida nas mãos de Deus.
A minha/sua também não está?
Graça é graça.

3 comentários:

Pr. Aldemarcos disse...

Obrigado pelas notícias do Pr. Xavier. Às vezes perdemos a noção de quão vulneráveis somos, mesmo sem estarmos enfermos, e do quanto somos dependentes da graça a cada segundo da nossa vida.

Carlos Eduardo disse...

Pr. Israel,

Queria lhe dizer em poucas palavras o meu sentimento em relação aos últimos posts do irmão e de todo quadro médico desacreditado sobre a saúde de nosso querido Pr. Xavier Filho:

Não perdi a minha fé!
Creio na cura.

E fico feliz em saber que o Senhor também crê!

Graça e paz!
Parabéns pelos belíssimos artigos e posts.

Deus lhe abençoe

analia disse...

Eu conheci o pastoR Xavier na PIB de FORTALEZA e fiquei emocionada pela certeza de sua fe em Cristo .Estou orando pela sua cura.Analia Matos.